Só para lembrar que não sou nenhum especialista em livros ou em filmes, posto sobre isso aqui porque acho válido compartilhar algumas das experiências com determinados assuntos e etc. Enfim, esses últimos dois meses foram bem cheios, por isso e por outras que andei sumido.

emchams

Em chamas – Suzanne Collins

MUITO BOM! Já tinha gostado de Jogos Vorazes mas foi nesse segundo livro da triologia que eu mergulhei de vez no mundo da Katinns! Tô adorando a revolução em Panem, chega de ser comandando pela capital! E com certeza assim que lançar o filme vou assistir. Por enquanto meu livro favorito da triologia. (Estou quase terminado A esperança, no post no fim do mês eu comento)

criacao

Criação Sem Pistolão – Carlos Domingos. Adorei! É um livro bem simples, bem direto e claro. Além de ter poucas páginas o autor optou por começar na página 113. Domingos escreve de um jeito bem simples mas que diz muito, é aquele negócio “as vezes menos é mais” hahaha . E uma das coisas que eu mais gostei nesse livro foi que ele da dicas de como montar um portifolio bacana, desde a escolha das peças até a hora de apresentar para alguém. 

6848482G1Primeiros Segredos da Direção de Arte.  – Newton Cesar.

Peguei esse em setembro e com uma enorme expectativa, por que já tinha lido outro livro do Newton e adorado, mas sinceramente não gostei deste… Quem sabe um dia com a cabeça mais tranquila eu leio novamente.

ArquivoExibirFundamentos de Marketing conceitos básicos  Luciano Crocco, Renato Telles, Ricardo M. Gioia(coordenador), Thelma Rocha, Vivian Lara Srehlau.

Tenho sérios problemas com marketing… resolvi comprar pra reforçar as aulas e por que acho bacana (apesar da dificuldade de compreender e por em prática). Só tenho elogios ao livro, bem explicado, os autores fizeram ficar mais interessante de ler e em alguns capitulos tem até quadrinhos hahaha

inv

Invocação do Mal – WARNER

BROS. Fazia muito tempo que não assistia um terro que realmente fosse terror (e baseado em fatos REAIS). Muito bom mesmo, eu não sou desses que faz escândalo assistindo filme (normalmente me assusto mais com as pessoas gritando do que com a cena) e nesse eu me assustei mesmo hahahahaha, Ah, e tem a Vera Farmiga, gosto bastante dela.

  

 

ocon

O concurso –  DOWNTOWN FILMES
Rodrigo Pandolfo, Fábio Porchat, Danton Mello, Carol Castro, Sabrina Sato, Nelson Freitas, Anderson Di Rizzi e Pedro Paulo Rangel são alguns que fazem parte do filme que não me fez rir em nenhum momento. Esse filme é típico de “comedia brasileira” tem nerd, gay, gostosa (que fica com o nerd), travesti, o certinho e etc. Tinha situação que dava pra fazer ficar engraçada mas não ficou… Minha opinião. Fiquei bem desapontado por ter toda essa galera que eu gosto e não ser bom.  Um dos piores filmes brasileiros (talvez até gringo) que eu já assisti.  Assisti também Os penetras e não sei qual é pior…

the-purge-poster01

 Uma noite de crime. – UNIVERSAL PICTURES

Sensacional! Assisti por indicação de uma amiga e não me arrependo,  da bastante medo (só de olhar para o poster já começo a lembrar de quando…sem spoiler né) hehehe Assitam, é bacana.

 

21006856_20130517195500909.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxOs estagiários.  FOX FILMES 

Fazia tempo que eu queria assistir, mas não conseguia ir ao cinema e então resolvi assistir em casa mesmo. É legal, tem algumas partes que da pra rir mas não é um daqueles filmes para morrer de rir… mas é legal, curti e ano que vem vou começar meu estágio na Google também (risos).

 
 Guerra-Mundial-Z-2013-5Guerra Mundial Z  – PARAMOUNT PICTURES 

Também por indicação de um amigo resolvi assistir esse filme que é tão falado. Olha… muito bom!!! Com certeza quero/vou assistir novamente.

 

 

 

 

E foi isso! Até a próxima! 🙂

Um texto sobre o confuso eu.
Rádio e Tv, Jornalismo ou Publicidade e Propaganda?
Os três.

Sou apaixonado por essas três áreas e hoje estudo Publicidade, mas não me sinto completo.

Tem dia que a única coisa que eu quero é criar campanhas, em outros ser roteirista e dirigir programas de televisão e também tem aqueles que só penso em dizer “Boa  noite Bonner, boa noite à todos”.
Querer ser tudo isso ao mesmo tempo, esse sou eu. E acho que só vou ser realmente feliz profissionalmente quando conseguir fazer os três.

Ah, hoje quero dizer Boa noite à todos.

“Leituras e filmes do mês” é uma nova forma que encontrei de fazer um resumão das coisas que andei lendo e assisti ao invés de fazer um post pra cada uma dessas coisas, acho que assim fica mais legal e simples.  Então todo mês vai ter um post desses aqui, mas já vou deixando bem claro que pode ter mês que tenha um único livro ou filme aqui pra eu contar sobre eles pra vocês, porque não consigo ler quando realmente não estou com vontade, acabo não entendo nada e ficaria difícil de contar sobre alguma coisa que a gente não sabe.

Nesse mês de Agosto eu li 3 livros e assisti 1 filmes (só vou contar filmes que eu não tenha visto e que eu lembre na hora de escrever o post hahahaha). Os livros foram: Jogos Vorazes, Persépolis e  Redação Publicitária. O filme foi: Jogos Vorazes. (não foram necessariamente nessa ordem). No fim do post vou deixar o link pra se alguém se interessar poder comprar.

images

Adorei Jogos Vorazes, achei a escrita bacana, e não vou me aprofundar muito na história porque provavelmente todo mundo já conhece (caso você não conheça assista esse vídeo aqui do Bruno.). Bom, eu demorei um pouquinho pra terminar mas eu só parava quando terminava um capitulo, ~porque sou desses~, hahaha. Gostei bastante, também por ser bem movimentado, é mais um daqueles livros de aventura que foram feitos mesmo pra virar filme. Comecei Em Chamas mas vou deixar pra falar dele no post de Setembro porque ainda não terminei de ler. 

Assim que terminei corri e baixei o filme (monster piracy hahaha) e gostei bastante APESAR de ter várias coisas que são diferente do livro, acho que a principal foi que no livro o leitor só consegue saber o que acontece diante do ponto de vista da Katinss, já no filme (ficaria estranho se fosse só assim também, mas..) mostra vários outros pontos de vista, além disso tem várias outras coisas que são diferentes, mas é muito bacana e QUERO ASSISTIR EM CHAMAS LOGO!

downloadNa minha faculdade tem um projeto “universidade que lê” e todo semestre temos que ler um livro “obrigatório” e o desse semestre é Persépolis. É todo em quadrinhos (não se engane achando que é “infântil”, tem palavrões etc) e conta a história da Persépolis desde os 10 anos até ela se tornar adulta , ela mora no irã durante a guerra e é uma garotinha sensacional, tem bom humor e é um pouco “rebelde” pra época em que se passa a história. Basicamente o livro vai narrar como ela lidou com os problemas que aconteceram no pais dela, os perrengues que ela passou quando foi para Europa, a vida amorosa dela que não dá muito certo.  Os quadrinhos são bem legais e bonitinhos. E assim que eu achar alguma promoção bacana vou comprar.

ArquivoExibir

Uma das minhas matérias neste semestre é Oficina de Redação Publicitária, e eu já tinha comprado o Redação Publicitária: a prática na prática 3º edição, pensado que pudesse me ajudar e etc. E sim, me ajudou/ajuda, o livro tem VÁRIOS exercícios (bem legais inclusive) e várias dicas legais que podem me dar uma luz na hora de fazer os jobs! Mas vou confessar que no começo do livro não gostei do jeito que o autor falava, sei lá, larguei o livro bem no começo mesmo e só peguei pra ler umas duas semanas depois (me arrependo disso, mass), peguei e li rapidinho e gostei bastante. Eu optei por só ler e não fazer os exercícios, vou deixar pra fazer agora quando eu estiver lendo novamente.

Links para comprar: Jogos Vorazes Livro, FilmePersépolis e Redação Publicitária

E para o o post do mês de setembro já tô lendo dois livros e já vi um filme. =)

532352_423066274413535_1264384012_nSabe quando você adora fazer alguma coisa, mas ficou muito tempo sem fazer? Então, desde criança eu sempre gostei de andar de patins, passava o dia inteiro dando volta no quarteirão com meus amigos, mas fui crescendo e meu patins quebrou e acabei ficando um bom tempo sem (e continuo sem..mas por pouco tempo agora).

Daí uns amigos me chamaram para ir no Roller Jam, e eu quase faço a maior burrada recusando, mas acabei topando e fomos na última sexta-feira (9/08).

Eu não queria voltar pra casa!  Fiquei 4h com o patins (que só custou R$10,00 todo esse período ). Lá tem espaço pra fazer festa, tem várias máquinas de jogos e outras coisa bem legais.

(as fotos eu peguei na própria fanpage do roller jam)

400601_493338764052952_259676232_n 431875_501157956604366_1002568327_n946603_490954174291411_681660340_n 970719_501158996604262_390892461_nLá não é um lugar só cheio de adolescentes, tem muuita criança, na verdade tem gente de todas as idades, mas a maioria no dia que eu fui era criança. Também tem vários instrutores pra ajudar quem está com alguma dificuldade e até mesmo ensinar quem nunca andou. Eles também se preocupam com a segurança de quem visita a pista e tem equipamentos de seguranças pra alugar e bombeiros que ficam lá o tempo todo.

testszde

E já tô combinando de voltar, porque é sensacional! Amo patinar (tanto no gelo quanto em pista/rua). Pra saber o endereço, preço e tirar suas dúvidas é só entrar na página do Roller Jam que eles sempre respondem todo mundo (inclusive são super atenciosos).  E por fim o vídeo que eles fizeram pra divulgar a pista (lá é bem assim mesmo)

blooog

Terminei a leitura no meio do mês de Julho e até já tinha terminado de escrever esse post mas estava quase desistindo de postar (não sei exatamente porque) mas hoje o dia estava bonito aí resolvi fotografar  e postar aqui. E a partir de agora não vou mais fazer um post pra cada livro que eu ler, vou fazer um post todo fim de mês contando o que eu li “leituras do mês”. hahaha

O livro foi escrito por  Matthew Quick  e foi lançado aqui no Brasil pela editora Intrínseca.

O livro começa narrando  a história  de Pat, que acabou de sair de um instituição psiquiátrica (não é mencionado qual a doença, mas no filme é bipolaridade, então deve ser isso no livro também né), ele costuma ter ataques de fúria, principalmente quando ouve a música que tocou em seu casamento (leia e descubra porque). Não se sabe exatamente quanto tempo ele ficou por lá, mas cerca de oito meses e não se lembra porque foi parar na clínica, a qual chama de lugar ruim.

O torcedor fanático dos Eagles e viciado em exercícios físicos, é ignorado pelo pai, não tem mais emprego e foi deixado pela esposa (Nikki), mas como o título já diz, ele tenta sempre ver o lado bom da coisas, da vida e tem uma mãe (Jeanie), um irmão (Jake) e alguns amigos dispostos a ajuda-lo a recomeçar a vida.

Jeanie é uma mulher incrível e tem um amor enorme por seu filho, coisa bonita de se ver.
O pai dele é fanático pelos Eagles,  passa maior parte do tempo no escritório e quase nunca fala com Pat.

intris

Pat é apaixonado por Nikki e tudo que faz depois que saí do lugar ruim é em função dela, tentando sempre ser gentil ao invés de ter razão. Só que como não se lembra das coisas, também não lembra porque Nikki o deixou e sempre que pergunta para alguém sobre ela, as pessoas desconversam e sempre mudam de assunto. Então  ele acredita que está separado dela para que de alguma forma isso não atrapalhe na sua recuperação e chama isso de o tempo separados. Mas aí você vai vendo ao passar da história que não é bem isso…

Em um jantar de um amigo dele de infância (Ronnie) ele conhece, Tiffany que é irmã da mulher de Ronnie (é a menina da capa, que eu achei que representava Nikki). Tiffany é viúva, depressiva, divertida e talvez até um pouco manipuladora.

Depois do jantar, Tiffany começa a seguir Pat todos os dias enquanto ele corre, como já disse, ele é viciado em exercícios físicos, e ao passar do tempo eles se aproximam e ela tenta ajuda-lo a acabar com o tempo separado, mas para isso acontecer ela faz com que Pat tope participar de um concurso de dança com a missão de vencer e então ele resolve participar (mesmo não sabendo dançar, mas ele faz de tudo para reencontrar Nikki), Tiffany meia maluca empoe algumas regras e umas delas é que Pat não poderá assistir os jogos Eagles (porque seria uma distração, e poderia colocar em risco a vitória) para que ele possa estar 100% focado nos treinos. (Não vou contar se eles venceram porque seria spoiler).

Pat e Tiffany criam uma relação que consegue fazer com que o enredo do livro seja bastante divertido.

Enquanto treinam, Pat tem que deixar de assistir os jogos e como essa era uma das formas que ele tinha de tentar se aproximar de seu pai… as coisas só pioram.  O pai dele começa achar que o fato dele ter deixado ver os jogos possa estar dando azar.

Basicamente é isso, vamos juntos com Pat tentando entender o que aconteceu e acabar com o tempo separado e finalmente rever a Nikki.  O livro é simples, mas acho que é isso que o torna tão bom, acho que a melhor forma de vocês entenderem realmente a trama é lendo a história.

mattew

olado

Algumas pessoas disseram que Matthew é um pouco repetitivo mas esse é o primeiro livro que leio do autor e como Pat é deficiente mental achei que a repetição pode ter sido proposital e sendo assim não posso afirmar que ele tem uma escrita repetitiva.

Recomendo muito essa leitura, o livro é curto, tem uma história muito bacana, contém bastante dialogo (não é aquela coisa “zzZz”) e é impresso em um papel muito bom (Chambril), ou seja: não tem porque não ler.

Ah, não gostei do filme… acho que só quem realmente me convenceu foi a Jennifer Lawrence que interpretou a Tiffany e a adaptação não foi tão fiel a o livro.

Sábado bonito, porém acordei as 14h e não sai de casa… mas fotografei.

bokeh

matofrozi

E por fim uma foto dos últimos livros que eu comprei e falei já falei aqui no blog. Comecei Jogos Vorazes anteontem e tô gostando bastante.

jogs

ausas

hahaO titulo original desse livro é Wonder, escrito por R.J. Palacio (seu primeiro livro) e foi traduzido e  lançado aqui no Brasil pela Intrínseca.

Li algumas resenhas desse livro e acebei ficando bem curioso. Confesso que o que me fez buscar por mais informações foi o aspecto gráfico, que  eu achei muito bonito. O livro tem uma linguagem bem simples e conclui a leitura em dois dias. (dependendo do ritmo da pra ler em um dia mesmo).

pq

O livro conta a história do August, um garoto de 10 anos, fã de Star Wars, que mora em NY e que nasceu com várias deformações na face, apensar disso, ele não tem qualquer tipo de atraso mental ou coisa do tipo. Estudou durante alguns anos em casa com a ajuda de sua mãe, mas agora  que August tem 10 anos e depois de ter passado por várias cirurgias plásticas e estar com a saúde estabilizada, seus pais acharam que já estava na hora de August “crescer” e frequentar uma escola de verdade. Ele é um garoto incrível e vou confessar quando comecei a ler não conseguia parar.

augg

August já estava acostumado com os olhares e cochichos das pessoas, mas encarar uma escola cheia de crianças o olhando e até mesmo sentindo “medo” dele não seria fácil para ele.
Então o livro narra esse primeiro ano dele em uma escola tendo que lidar com varias situações embaraçosas.

A narrativa é feita em primeira pessoa e o livro e divido por partes, cada uma delas é feita sobe o ponto de vista dos personagens: Agust, Jack (amigo), Via (irmã), Justin (amigo da Via), Miranda (amiga de via) e Summer (amiga).

livro-extraordinárioAlém de algumas frases bacanas no inicio de uma nova parte, um dos professores de Agust passa todo mês um preceito novo. “Os preceito do Sr. Browne” que são para fazer você refletir… 

tras

Concluindo, quero dizer que é um livro recomendo para todas as idades, e gostei muito ter lido e com certeza é um dos livros mais bonitos (em aspectos gráficos e historia) da minha estante.

Para reforçar ainda mais o quanto eu curti o aspecto gráfico resolvi gravar um vídeo curtinho mostrando o livro. (reparem que no início do livro tem algumas figuras e tem uma delas em destaque, e no final todas as figuras estão iguais. Talvez seja pra mostrar que por mais diferentes que achamos que somos um dos outros, no final das contas, somos todos iguais).

 Paguei R$17,00 nesse livro, comprei no extra (se quiser comprar, clica aqui).

Espero que tenham gostado e a música do vídeo é Piazza, New York Catcher – Belle & Sebastian.